ESTUDO DO BACKHAND COM UMA MÃO E DUAS MÃOS NO TÊNIS DE CAMPO

Kedison ALMEIDA, Ricardo BUGAI

Resumo


O tênis e um esporte olímpico que exige grande agilidade e movimentação de seus praticantes e que requer muita técnica e bom condicionamento físico. É um esporte de alto gasto energético, já que suas partidas duram entre uma e quatro horas. O que se buscou neste estudo foi identificar qual das técnicas do backhand com uma e duas mãos são mais eficientes, para isso foi analisado os três tenistas profissionais que estão melhores ranqueados na ATP (Associação de Tenistas Profissionais), que executam o golpe de backhand com uma e com duas mãos, serão avaliados em jogos de grand slam Roland Garros e Wimbledon organizados pela ATP. Antes da década de 70, realizar um golpe de esquerda (backhand) com duas mãos era exceção, quase uma heresia. O objetivo desta pesquisa, é apontar os pontos positivos e negativos, vantagens e desvantagens relacionados a essas duas diferentes técnicas backhand com uma e backhand com duas mãos, através de dados quantitativos de números de erros forçados, erros não forçados e winners. Nesta pesquisa, será abordada uma questão que é muito comum entre os tenistas, qual é a melhor alternativa para a execução do golpe de backhand com uma ou duas mãos? quais as vantagens e desvantagens de um e do outro?  Qual a melhor opção para o tenista? Com base nessa indagação pesquisei alguns pontos, alcance, angulação, aprendizagem, ponto de contato, posicionamento dos pés, preparação dos golpes, previsão de lesões, velocidade da raquete. Sabendo que backhand juntamente com o forehand, é o golpe técnico mais utilizado em um jogo de tênis, também conhecido como golpes de base ou  golpes de fundo, por que na maioria das vezes é realizado do fundo da quadra, por isso se faz necessário saber qual das duas opções é a mais eficiente. Só passou a receber um pouco de atenção quando jogadores como Jimmy Connors, Chris Evert e Björn Borg começaram a ganhar importantes títulos golpeando o backhand com ambas as mãos. Atualmente a questão se inverteu, a maioria dos tenistas juvenis e profissionais, adotaram o golpe de backhand com duas mãos, em relação aos tenistas profissionais, podemos observar através de dados da ATP (associação dos tenistas profissionais), que no atual ranking, temos apenas quatro jogadores entre os vinte melhores do mundo que executam o backhand com uma mão.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.