A INFLUÊNCIA DA ATIVIDADE FÍSICA PARA O INDIVIDUO COM LESÃO MEDULAR

Thayara Bronoski, Rafhael Dibner

Resumo


Está pesquisa tem como tema “A Influência da Atividade Física Para Indivíduos com Lesão Medular”. A lesão medular provoca alterações no estilo de vida do indivíduo, causando perda parcial ou total da motricidade e sensibilidade, além do comprometimento vasomotor, intestinal, vesical e sexual. A inatividade do lesado medular causa diversas sequelas a sua saúde, dentre elas estão: diminuição da massa muscular, densidade óssea e da capacidade aeróbia. O estado sedentário pode provocar as doenças cardiovasculares e respiratórias, limitando as respostas fisiológicas a atividade motora, conduzindo a rápida instalação da fadiga, esses aspectos podem reduzir a expectativas de vida dos lesados (DO NASCIMENTO, DA SILVA, 2007).O número de lesados medulares aumentou significativamente nas últimas décadas, estimasse que no Brasil acontecem 6000 novos casos por ano, em média 80% deste número se deve por lesões traumáticas, provocadas por armas de fogo, acidentes automobilísticos, mergulhos ou quedas. Os 20% restantes são as causas não traumáticas ocasionadas por tumores, infecções, doenças vasculares e degenerativas. (VENTURINIL, DANIELE et all,2006). De modo geral, após a incidência ou a descoberta da lesão, a vida do indivíduo muda, pois apresenta dificuldades nos afazeres do dia a dia devido a restrições de sua locomoção, gerando uma incapacidade funcional e dependente. Essa pesquisa tem como objetivo analisar os benefícios da atividade física para o indivíduo com lesão medular. Metodologia: O presente estudo é uma revisão de literatura de natureza qualitativa, foram devidamente selecionados os artigos referentes ao tema lesão medular e atividade física em seguida foi utilizado como critério de exclusão o ano de publicação (2010 a 2016) e nacionalidade; a partir disso elaboramos uma tabela onde desmembramos os artigos selecionados em: Ano, autor, objetivo, metodologia, conclusão e fatores positivos da atividade física no traumatismo raquimedular. Após esse processo discernimos os fatores positivos e agrupamos os que se relacionavam para chegar aos resultados. O Estudo ainda está em andamento e não foram encontrados os resultados.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.