OS DESAFIOS DO DIVÓRCIO PARA O SISTEMA FAMILIAR

Francielly Blitzkow Costa, Flavia Diniz Roldão

Resumo


O presente trabalho apresenta uma revisão bibliográfica sobre os desafios do divórcio para o sistema familiar. Tem por objetivo responder à seguinte questão: Quais os principais impactos do divórcio para o sistema familiar? Diversos processos contribuíram nos últimos anos para o aumento do número de divórcios, tais como: movimentos feministas, econômicos, tecnológicos e jurídicos. O divórcio não afeta apenas um dos conjugues ou aos dois, mas a toda a família extensa, e principalmente os filhos. A família é um sistema interconectado, onde cada indivíduo possui inter-relação com os outros, portanto, quando acontece uma mudança profunda em um dos indivíduos, todos os outros membros do sistema serão afetados em alguma medida. O objetivo deste trabalho é identificar os principais impactos do divórcio no sistema familiar, com destaque especial sobre os impactos do divórcio na vida dos filhos. As leituras realizadas permitiram identificar que o divórcio causa múltiplos desafios e impactos na vida da família, por exemplo, impactos emocionais e financeiros. Percebe-se ainda que devido aos diversos sentimentos no qual ficam mergulhados os membros do casal neste momento de ruptura, os mesmos podem não conseguir dar atenção aos filhos, e estes às vezes ficam sem saber o que exatamente está acontecendo e quais as mudanças que irão acontecer no sistema familiar. O divórcio para os filhos, pode ser tanto positivo, quanto negativo. Quando negativo, pode trazer problemas futuros, sendo eles na maioria das vezes de caráter emocional ou financeiro. O impacto positivo pode ocorrer devido ao fim das brigas e conflitos que os filhos acabavam presenciando anteriormente, dentre outros fatores. Por causa dos diversos desafios colocados pela separação conjugal, é preciso que o casal se prepare para essa ruptura, e as mudanças ocasionadas no sistema familiar, e juntos através da comunicação, consigam explicar para os filhos e a família ampliada, todo o processo que irão passar. Quando o casal têm filhos, o divórcio não é o fim, e sim um processo de transição, onde ambos os ex-cônjuges deixam de exercer o papel conjugal, mas precisarão se organizar para continuarem a exercer o papel parental.

Palavras-chave: divórcio; filhos; separação; sistema e família.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.