A BUSCA DA FAMÍLIA PARA A PROMOÇÃO DO CUIDADO DA CRIANÇA COM PARALISIA CEREBRAL: UMA REVISÃO DA LITERATURA

Carolliny Christiny Moraes, Ana Paula Dezoti

Resumo


Resumo

A paralisia cerebral (PC) é uma encefalopatia crônica infantil que se caracteriza por distúrbios motores de caráter não progressivo, os quais se manifestam em um cérebro em desenvolvimento, levando a distúrbios de motricidade, tônus e postura, podendo ou não se associar a um déficit cognitivo. O nascimento de uma criança com paralisia cerebral em uma família faz com que os membros passem por algumas mudanças fazendo com que eles busquem outras formas para a promoção do cuidado dessas crianças portadoras de Paralisia Cerebral (PC). Diante de tantas dificuldades e enfrentamentos que essas famílias passam com o nascimento desta criança, faz se necessário o estudo dessas famílias em busca da promoção deste cuidado. Assim, o objetivo deste estudo foi identificar a busca da família para a promoção do cuidado da criança com Paralisia Cerebral. Trata-se de um estudo de revisão da literatura. A busca dos artigos foi realizada online nas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Base de Dados de Enfermagem (BDENF) e Scientific Electronic Library Online (Scielo), sendo no período de 01 janeiro de 2010 a 30 de janeiro de 2017.  Os resultados evidenciaram que as famílias buscam apoio nos serviços de reabilitação, bem como junto aos profissionais da Atenção Primária à Saúde. Demonstrou-se também que estas se apoiam nos elementos da família nuclear e buscam na espiritualidade força e superação, sendo que esta pode se dar para suplantar as indagações e inquietações ajudando a compreender e enfrentar as situações advindas da condição especial do filho. Isto nos leva a refletir sobre a importância da efetividade do cuidado prestado por profissionais de saúde, para com as famílias de crianças com paralisia cerebral, pois, é por meio do acompanhamento constante desta criança que poderão ajudar as famílias a definir as ações para suprir as necessidades específicas e a capacidades de cada criança, em cada momento, encaminhando-a para as várias estruturas de apoio especializado. Destarte, esta rede de apoio pode ser facilitadora na promoção do cuidado das crianças com PC.

 

Palavras-chave: Família; criança com deficiência; paralisia cerebral; cuidados de enfermagem.

 

 


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.