INVESTIMENTOS PÚBLICOS FEDERAIS PARA AS CATEGORIAS DE BASE DO NADO SINCRONIZADO BRASILEIRO: UMA ANÁLISE DO PERÍODO 2013-2014

Wallinson Ramos Santana da LUZ, Mayara Torres ORDONHES, Fernando Renato CAVICHIOLLI

Resumo


O financiamento público para o esporte é tema central nas discussões acerca da gestão esportiva no Brasil. Para fomentar este debate, este estudo tem como objetivo verificar de que forma é feita a alocação de recursos financeiros públicos federais para as categorias de base do nado sincronizado no Brasil, tentando estabelecer relações com o desempenho de instituições e atletas entre os anos de 2013 e 2014. Primeiramente foram levantados os resultados obtidos pelas atletas em competições nacionais organizadas pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, desde a categoria infantil (abaixo de 10 anos de idade) até a categoria júnior (entre 15 e 18 anos de idade). O segundo passo da pesquisa se deu por meio de pesquisa documental e de análise quantitativa para verificar como foi feita a destinação de recursos federais através do Programa Bolsa-Atleta e da Lei de Incentivo ao Esporte, ações governamentais a nível federal que beneficiam diretamente atletas e instituições, respectivamente. Os resultados mostram que as instituições mais participativas são também as que mais possuem atletas com Bolsa-Atleta. No entanto, os investimentos na modalidade estão sendo realizados abaixo do seu potencial total, sendo que 66% dos atletas elegíveis para o Bolsa-Atleta em 2014 não foram contemplados pelo programa. O nado sincronizado é também uma das modalidades com menor número de projetos aprovados através da Lei de Incentivo ao Esporte, com apenas 0,31% dos projetos aprovados para este fim.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.