O ATENDIMENTO DO SERVIÇO SOCIAL NO CAMPO SÓCIO JURÍDICO E AS NOVAS CONFIGURAÇÕES DE FAMÍLIA

Aline Gelinski de Souza YANO, Michele das Graças NADOLNY

Resumo


Este artigo surgiu por meio de experiência de estágio no Núcleo Integrado de Apoio Psicossocial das Varas de Família do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (NIAP/TJPR), ao pensar o fazer profissional do/a assistente social frente às novas configurações familiares observadas atualmente. Desta forma, o principal objetivo deste trabalho é refletir acerca do compromisso ético do/a assistente social no atendimento prestado a estes/as usuários/as e suas famílias. Para isto, usou-se de levantamento bibliográfico sobre a temática, bem como observações em campo. Neste sentido, a introdução do presente estudo está direcionada a apresentar o assunto escolhido e apontar como será a análise deste. Posteriormente, conceituar-se-á brevemente o campo sócio jurídico e o NIAP/TJPR. Em seguida, traremos de maneira sucinta, as transformações ocorridas nas configurações de família, refletindo acerca do tema na atualidade, além de debater o fazer do/a assistente social frente a esta nova demanda, a partir da contribuição da categoria mediação na perspectiva dialética materialista de Marx, como a possibilidade de uma reflexão interventiva profissional no âmbito sócio jurídico. Por fim, nas considerações do presente artigo, salientamos que é por intermédio da reflexão ética cotidiana que se poderá viabilizar um atendimento comprometido com a garantia, defesa e efetivação de direitos.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.