ONDE ESTÃO OS PUNKS DA CIDADE: UMA ANÁLISE MIDIÁTICA SOBRE A CULTURA PUNK NA CIDADE DE CURITIBA

Barbara BELTRAME, Lucas do Nascimento FERMIN

Resumo


O objetivo deste artigo é indicar alguns modos de disseminação das noções de identidades punks (nacionais, regionais), as formas de negociação entre representações culturais, e as tendências de articulação do global e do local nos mesmos espaços geográficos, através de uma análise feita nas matérias do Jornal Gazeta do Povo, entre os meses de janeiro à agosto de 2015. Ao selecionar os fatos que se tornarão notícias, o jornalismo exerce um papel crucial na sociedade, determinando o que o público deve ou não saber. Na década de 80, a cultura Punk Rock começa a se disseminar na cidade de Curitiba, através do Lino’s Bar, e, tendo em vista que o assunto não é mais retratado do mesmo jeito, essa cultura se mantém até hoje. Na análise feita nota-se que há uma grande falha na divulgação da cultura punk, e quando tem, são de bandas do mainstream. Encontramos 27 matérias que falavam sobre a cultura punk. Analisamos tema, conteúdo, caderno, quais as bandas mencionadas, a localidade das bandas, autor, se continha foto e contexto. Dentre essa pesquisa, apenas quatro matérias foram realizadas pela Gazeta do Povo, e dessas quatro, nenhuma falava sobre bandas locais. Outras sete matérias foram escritas por um jornalista da gazeta, Sandro Moser, e somente uma era sobre banda local. As demais matérias intercalam entre o punk nacional e o internacional, mas percebemos uma carência na cultura local.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.