A FAMÍLIA E A AQUISIÇÃO DO CAPITAL CULTURAL

Juliane A. Hey MELO, Rosa Maria Alves PEDROSO

Resumo


O objetivo do presente artigo é analisar a importância do capital cultural e a sua aquisição por meio da incorporação dos valores transmitidos pela família. Partindo da premissa de que, em matéria de cultura legítima, os gostos não são dons da natureza e sim fruto da educação, aparece com destaque a importância do papel da família como a entidade que, por laços afetivos, conduz a descendência ao contacto com o conhecimento. A análise foi realizada marcadamente com apoio nas obras de Mario Vargas Llosa, T.S. Elliot, Bourdieu e Jessé de Souza e leva à conclusão de que desenvolver políticas públicas na forma de programas de apoio educacionais voltados à família é uma diretriz importante para a aquisição de cidadania.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.