Avaliação in vitro da citotoxicidade do extrato de bauhínia glabra em células linfocitárias normais

Krísala Fernanda Costa Ferreira, Jeanine Marie Nardin

Resumo


Nos últimos anos vem crescendo a utilização de derivados de plantas como medicamentos antineoplásicos, sendo que a obtenção dos extratos de tais plantas auxilia no tratamento das mais diversas patologias. Neste estudo foi avaliada a atividade citotóxica in vitro do extrato da Bauhínia glabra sobre as células linfocitárias normais, tendo em vista a toxicidade dos fármacos convencionais. O uso de novas terapias para o tratamento do câncer, como, por exemplo, a utilização dos fitoterápicos pode vir a ser uma alternativa, visto seus efeitos colaterais mais brandos quando comparados com os tratamentos convencionais. As células foram obtidas através do creme leucocitário (buffycoat) obtido após centrifugação de amostras de sangue periférico. As células mononucleares foram separadas por gradiente de densidade e a porção na qual estão presentes os linfócitos foi cultivada in vitro na presença de 50μg/mL e 100μg/mL do extrato da planta. Foram observadas as curvas de crescimento celular após 48 horas de incubação das células mononucleares suplementadas com 10% de soro bovino fetal e diferentes concentrações do extrato de Bauhinia glabra. O cultivo foi realizado em poços de placas estéreis, incubadas a 37ºC por 2 dias. Todo o processo foi monitorado por contagens de célula em hemocitômetro. Após a análise dos dados foi verificado que as concentrações de 50μg/mL e 100μg/mL do extrato parecem não ter exercido qualquer efeito sobre a viabilidade das células cultivadas (p = 0,668 e 0,759 respectivamente). Apesar da baixa toxicidade em células linfocitárias sadias, não é possível afirmar que o extrato não teria alguma ação sobre o equivalente neoplásico das células linfocitárias, uma vez que diferentes mecanismos moleculares governam tais células.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Cadernos da Escola de Saúde. ISSN Eletrônico: 1984-7041.