O conhecimento do enfermeiro na prevenção da neuropatia diabética em unidades de saúde de Curitiba–PR

Aline dos Santos Arbunio, Adriana Maria Alves, Angelita Visentin, Louise Aracema Scussiato

Resumo


Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cujo objetivo foi identificar o conhecimento dos enfermeiros na prevenção da neuropatia diabética. Como instrumento de coleta foi aplicado um questionário para os enfermeiros de unidades básicas de saúde de Curitiba – PR, que aceitaram participar da mesma mediante a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido no mês de setembro com uma pergunta sobre a prevenção da neuropatia diabética. A análise dos dados foi qualitativa utilizando a análise temática proposta por Minayo e confrontando as respostas dos participantes com as Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes, tratamento e acompanhamento do Diabetes Mellitus de 2007 e as Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2013-2014. Participaram 16 enfermeiras, destas apenas uma soube orientar de forma correta todas as orientações previstas nas Diretrizes. Da análise temática emergiu uma categoria “A Prevenção da Neuropatia Diabética” e suas respectivas unidades temáticas: “Orientações adequadas para a prevenção da Neuropatia Diabética” e “Orientações inadequadas para a prevenção da Neuropatia Diabética”. Os resultados demonstram que muitos profissionais que estão em contato diariamente com pacientes diabéticos não têm conhecimento suficiente acerca das orientações determinadas pelas Diretrizes para prevenir a neuropatia diabética. Contudo, os enfermeiros devem desenvolver atividades educativas para aumentar o nível de conhecimento dos pacientes e comunidade, e buscar atualizações para contribuir na adesão do paciente ao tratamento.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Cadernos da Escola de Saúde. ISSN Eletrônico: 1984-7041.