MARCELO MADUREIRA: RIR DE TUDO É DESESPERO

Ana Lucia Pereira

Resumo


Nenhum homem público escapou dos humoristas, basta ter ou pensar que tem algum tipo de poder sobre o próximo, e se jactar disso, para que o espírito nacional da gozação criativa se manifeste. Nem todas as vítimas têm, no entanto, o senso de humor ou o oportunismo para rir das sátiras; as reações mal humoradas e violentas acontecem com frequência.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Expressão: Cultura UniBrasil. ISSN: 2238-8710