OS DIREITOS DOS QUILOMBOLAS E REFORMULAÇÃO DA ORDEM PÚBLICA NO BRASIL

  • José Leandro Farias Benitez
Palavras-chave: Quilombos, Privatismo, Comunitarismo

Resumo

Na história institucional do Brasil tem faltado o sentido de res publica. Várias são as razões, entre as quais um privatismo característico da sociedade portuguesa na época da colonização, que foi transferido ao Brasil. Os quilombos hoje remanescentes guardam certos traços do antigo modo de vida dos africanos, entre os quais está o forte vínculo comunitário. Muitos problemas políticos e sociais do Brasil de hoje se explicam pelo privatismo e pela inserção do pais no mundo globalizado. Este último dessocializa os indivíduos, transformado-os em seres para o consumo. A reformulação da ideia de comunidade no Brasil pode receber a contribuição da herança africana se os quilombos remanescentes forem resguardados pelo direito.
Publicado
2015-03-04
Seção
Seção Especial