https://portaldeperiodicos.unibrasil.com.br/index.php/cadernossaude/issue/feed Cadernos da Escola de Saúde 2020-11-27T00:03:22+00:00 Liya Regina Mikami Wormsbecker liyamikami@unibrasil.com.br Open Journal Systems <p>O Caderno da Escola de Saúde do UniBrasil é uma publicação semestral de caráter técnico-científico, que tem por objeto contribuir na divulgação de trabalhos nas áreas de Ciências Biológicas e da Saúde. Editado pelo Centro Universitário Autônomo do Brasil do Complexo de Ensino Superior do Brasil – UniBrasil, o qual tem como missão "Formar, por meio de processos sustentáveis, pessoas que possam assumir a plenitude da condição humana, pela geração e experimentação de saberes, idéias e valores comprometidos com a realidade brasileira."</p> <p><strong>Qualis Capes</strong>: B5 (<a href="/index.php/cadernossaude/about/editorialPolicies#custom-1">outros estratos</a>)<br><strong>Fundação:</strong><br><strong>e-ISSN:</strong> 1984-7041<br><strong>Título Abreviado:</strong> Cad. Esc. de Sau.<br><strong>email: </strong>cadernosaude@unibrasil.com.br<br><strong>Editora: </strong><a href="http://www.unibrasil.com.br/" target="_blank" rel="noopener">UniBrasil</a></p> https://portaldeperiodicos.unibrasil.com.br/index.php/cadernossaude/article/view/5308 Desfecho clínico de Pacientes Idosos Atendidos pelo Projeto QualiVida UniBrasil: Relato de uma série de casos 2020-11-03T21:44:37+00:00 Jaqueline Correia jaquecorreia98@gmail.com Willyane Karen Lisik willyanelisik10@gmail.com Adriadne Cruz da Silva adriadne.silva98@gmail.com Adriana de Oliveira Christoff adrichristoff@gmail.com <p>O uso de vários medicamentos concomitantemente pode desencadear com frequência interações medicamentosas as quais podem provocar baixa adesão ao tratamento farmacológico e demais PRMs (problemas relacionado a medicamentos). Desta forma, é imprescindível a atuação do farmacêutico no processo de avaliar as prescrições, reações adversas e colaterais e realizar estudos de interações medicamentosas com segurança e qualidade. Desta forma, este trabalho teve o objetivo de realizar a avaliação do acompanhamento farmacoterapêutico prestado pela equipe de farmácia do programa QualiVida, através do desfecho clinico apresentado pelos pacientes. Trata-se de um estudo transversal, descritivo, exploratório e retrospectivo. Para tal foram selecionados 5 pacientes polifarmácia, acima de 60 anos e participante do projeto no ano de 2019. Após avaliadas as interações, foram encontradas 44, e dentre essas, 14 foram de risco grave, 21 de médio risco e 9 de baixo risco. Diante dos resultados foram sugeridas medidas corretivas como: modificação nos horários de administração, suspensão ou substituição do medicamento de acordo com o prescritor, a fim de a adesão ao tratamento farmacológico. Após realizadas as medidas, houve a redução dos eventos adversos e colaterais relatados pelos pacientes durante o segmento das consultas farmacêuticas e por fim obteve-se desfechos clínicos positivos.</p> 2020-10-30T20:14:43+00:00 Copyright (c) 2020 Jaqueline Correia, Willyane Karen Lisik, Adriadne Cruz da Silva, Adriana de Oliveira Christoff https://portaldeperiodicos.unibrasil.com.br/index.php/cadernossaude/article/view/5314 ANÁLISE DE QUALIDADE E PESQUISA DE COLIFORMES TOTAIS E TERMOTOLERANTES EM AMOSTRAS DE Echinodorus grandiflorus 2020-11-03T21:44:39+00:00 Kelly Guedes da Silva kellyplex@hotmail.com Willams Alves da Silva kellyplex@hotmail.com Josefa Renalva de Macêdo Costa kellyplex@hotmail.com <p>O uso de plantas medicinais é uma das formas mais antigas utilizadas pela população. A <em>Echinodorus grandiflorus</em>, popularmente conhecida como chapéu de couro, é uma erva amplamente consumida na forma de chá para o tratamento de infecções,<a href="https://www.sciencedirect.com/topics/pharmacology-toxicology-and-pharmaceutical-science/inflammatory-disease">doenças inflamatórias</a>, artrite, hipertensão,&nbsp;disfunções renais, doenças respiratórias e retenção hídrica. O presente estudo teve como objetivo analisar a qualidade das amostras de <em>Echinodorus grandiflorus </em>comercializadas na cidade de Maceió-AL e realizar pesquisa de coliformes totais e termotolerantes. Verificou-se que todas as 6 amostras apresentaram índice superior a 2,0 % de material estranho, não atendendo aos critérios exigidos pela legislação. Foi detectado um percentual elevado referente ao teor de umidade, os resultados variaram de 11,6 % a 21,0 %. Apenas uma amostra foi aprovada no teste de cinzas totais e 33,3 % apresentaram resultado positivo de coliformes totais, no entanto, para coliformes termotolerantes o resultado foi 100,0 % satisfatório. A rotulagem apresentou informações superficiais, algumas não possuíam nenhum rótulo ou folheto informativo. Desta forma torna-se imprescindível uma fiscalização mais efetiva por parte dos órgãos competentes a fim de proteger à saúde dos consumidores destes produtos.</p> 2020-10-30T20:15:36+00:00 Copyright (c) 2020 Kelly Guedes da Silva https://portaldeperiodicos.unibrasil.com.br/index.php/cadernossaude/article/view/5315 AVALIAÇÃO DE COMPOSTOS BIOATIVOS E ATIVIDADE ANTIOXIDANTE PHYSALIS OBTIDAS EM CURITIBA E REGIÃO 2020-11-03T21:44:39+00:00 Cristina Peitz de Lima cristinapeitz@hotmail.com Karina Simião Cruz Padilha karinasimiaocruz@hotmail.com Adrislaine Silva Adrislaine_silva@outlook.com Amanda Macedo Gonçalves amanda.macedogm@gmail.com André Guilherme Portela de Paula AGPdePaula@outlook.com <p><em>Physalis </em>é uma fruta que pertence à família <em>Solanaceae</em>, originária da Amazônia brasileira e que apresenta muitos nutrientes, como vitaminas e minerais, além de compostos antioxidantes que promovem benefícios para a saúde humana. &nbsp;Portanto, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a concentração de compostos fenólicos, flavonóides, carotenoides, ácido ascórbico e a atividade antioxidante de amostras dos frutos adquiridas no comércio da cidade de Curitiba, PR e Região Metropolitana. Foram obtidas 05 amostras de 100 g de frutos de <em>Physalis</em>, cada amostra foi moída em liquidificador e foi preparado um extrato aquoso para o doseamento dos compostos bioativos e avaliação da atividade antioxidante.&nbsp; Os valores dos compostos fenólicos obtidos foram entre 23,80 a 51,28 mg/100g, para flavonóides os níveis foram entre 5,43 a 16,16 mg/100g, para ácido ascórbico 16,57 a 58,32 mg/100g, para carotenoides de 9,2 a 16,6 μg g<sup>-1</sup>. A atividade antioxidante foi alta, variou entre 84,11 e 94,94 % do poder redutor do ácido ascórbico. A atividade antioxidante promovida por muitos frutos é justificada pela presença de compostos fenólicos, flavonóides e ácido ascórbico. As amostras obtidas e analisadas de Physalis, adquiridas em Curitiba e Região metropolitana, apresentam resultados semelhantes ao da literatura de compostos fenólicos, flavonoides, carotenoides, ácido ascórbico e atividade antioxidante.</p> 2020-10-30T20:16:23+00:00 Copyright (c) 2020 Cristina Peitz de Lima, Karina Simião Cruz Padilha, Adrislaine Silva, Amanda Macedo Gonçalves, André Guilherme Portela de Paula https://portaldeperiodicos.unibrasil.com.br/index.php/cadernossaude/article/view/5327 CIÚME: ENTRE O NORMAL E O PATOLOGICO 2020-11-03T21:44:39+00:00 Cleiton José da Silva psicologo_cleiton@hotmail.com <p>O tema ciúme desperta curiosidade e interesse em algumas pessoas. Na teoria freudiana, aparece pela primeira vez em uma carta para Fliess, no Rascunho H (1895). Contudo, na sociedade contemporânea o ciúme é um sentimento que se faz cada vez mais presente nos relacionamentos amorosos e, em alguns casos, traz sofrimento físico e psicológico não só à pessoa que sente, mas também ao seu objeto de amor. Pretende também apresentar o surgimento do ciúme a partir das marcas resultantes do Complexo de Édipo e da relação da mãe com o bebê, através de uma revisão dos mecanismos inconscientes presentes no ciúme, bem como os graus de ciúmes encontrados na teoria psicanalítica. Para tanto, serão utilizados conceitos freudianos, entre eles os Complexos de Édipo e de Castração e as escolhas do objeto amoroso. Serão abordadas também as marcas de rivalidade e disputa imaginária do objeto de amor objetal e narcísica na vida dos sujeitos. Uma vez que as marcas inconscientes trazidas e recalcadas pelo sujeito durante a infância irão determinar a forma de se relacionar com o objeto amoroso, então tais marcas podem ser vivenciadas em outros momentos ao longo da vida, fazendo parte de outras cenas inconscientes.</p> 2020-10-30T20:18:53+00:00 Copyright (c) 2020 Cleiton José da Silva https://portaldeperiodicos.unibrasil.com.br/index.php/cadernossaude/article/view/5336 PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES ATENDIDOS PELA FISIOTERAPIA DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CURITIBA 2020-11-03T21:44:40+00:00 lucas fernandes silvestre lukafern24@gmail.com Luiza Andrade luizaandrad@outlook.com danieli isabel romanovitch ribas danieliribas@yahoo.com.br <p>sociedade. OBJETIVO:<br>Determinar o perfil epidemiológico dos pacientes atendidos pelo serviço de fisioterapia de<br>uma instituição de ensino superior na cidade de Curitiba, Paraná. MÉTODO: Trata-se de um<br>estudo transversal, de caráter retrospectivo com abordagem quantitativa. Foram observados<br>prontuários de pacientes atendidos pelo serviço de fisioterapia no período de fevereiro 2008 a<br>dezembro 2018. Foram coletados os dados demográficos, dados clínicos e a perda de<br>seguimento, categorizados em (1) processos degenerativos, (2) processos inflamatórios, (3)<br>processos álgicos, (4) pós-operatórios em geral, (5) fraturas, (6) categoria de diagnósticos<br>mistos, e (7) outros processos patológicos. Os dados foram registrados em planilhas do<br>Microsoft Office Excel para análise descritiva. RESULTADOS: A amostra foi composta por<br>181 prontuários de pacientes de ambos os gêneros; destes, 78% eram do gênero feminino. Foi<br>observado predomínio de diagnóstico de doenças degenerativas (21%), prevalecendo o<br>diagnóstico de osteoartrose (13,25%), seguido pelas tendinites de membro superior (9,94%),<br>lombalgia (6,07%), pós-cirúrgico de coluna (3,31%) e traumas de fêmur (2,76%).<br>CONCLUSÃO: O presente estudo permitiu verificar o perfil epidemiológico dos pacientes<br>atendidos pelo serviço de fisioterapia de uma instituição de ensino superior, onde foi<br>constatado o predomínio dos diagnósticos de osteoartrose (13,25%), seguido de tendinites de<br>membro superior (9,94%) e comprometimento do gênero feminino. Este estudo contribuiu<br>para que os profissionais envolvidos no serviço entendam melhor as doenças que acometem a<br>população para determinar estratégias de tratamento e prevenção, promovendo melhor<br>qualidade de vida para estes indivíduos.</p> 2020-10-30T20:20:08+00:00 Copyright (c) 2020 lucas fernandes silvestre, Luiza Andrade, danieli isabel romanovitch ribas https://portaldeperiodicos.unibrasil.com.br/index.php/cadernossaude/article/view/5339 A Psicologia Organizacional pelo olhar da Gestalt-terapia: algumas considerações 2020-11-27T00:03:22+00:00 Andressa Moreira Martins dressamoreira@yahoo.com.br Loivo José Mallmann loivojose@hotmail.com <p><strong>Resumo: </strong>O presente artigo traz um olhar da Gestalt-terapia para a atuação do Psicólogo Organizacional. O objetivo geral do estudo é considerar alguns conceitos da Gestalt-terapia e relacioná-los com a perspectiva da Psicologia Organizacional. Os objetivos específicos são: contextualizar o desenvolvimento histórico da Psicologia Organizacional; apresentar elementos da história e alguns conceitos da Gestalt-terapia; fazer aproximações entre a Gestalt-terapia e a Psicologia Organizacional. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica exploratória qualitativa. Os temas foram pesquisados em livros e portais científicos como Scielo, Google Acadêmico e Catálogo de Teses e Dissertações da Capes. Qualidade de vida, saúde do trabalhador e cultura organizacional são temas que ganharam destaque na Psicologia Organizacional nas últimas décadas. Na área da saúde do trabalhador surgiram vários estudos sobre a construção da identidade do indivíduo no trabalho. Gestalt-terapia é uma abordagem humanista que compreende o homem como uma totalidade que está inserido em um meio onde busca satisfazer suas necessidades. Por vezes as organizações desconsideram as distintas dimensões que fazem parte da vida do homem, apesar de ter havido mudanças do paradigma mecanicista para um olhar mais sistêmico. Os profissionais que atuam na Psicologia Organizacional têm o desafio de propor estratégias que recuperem a centralidade do homem nos processos produtivos.</p> 2020-10-30T20:21:46+00:00 Copyright (c) 2020 Andressa Moreira Martins, Loivo José Mallmann https://portaldeperiodicos.unibrasil.com.br/index.php/cadernossaude/article/view/5325 Aplicabilidade do Método Pilates no tratamento de lombalgia crônica. 2020-11-03T21:44:40+00:00 Milena Santos Machado mimisntosmachado@hotmail.com <p>O método Pilates é composto por exercícios físicos que tem como objetivo o fortalecimento de músculos responsáveis pela estabilização da coluna vertebral, nomeado por seu criador de <em>Power </em><em>house</em>. Dessa forma, pode ser considerado um meio de tratamento para a lombalgia crônica, visto que essa patologia é caracterizada por disfunções musculoesqueléticas na coluna lombar que podem ser causadas por sedentarismo, postura inadequada, esforço excessivo e repetitivo, dentre outros aspectos. Esse estudo irá contribuir para o conhecimento de docentes de educação física e áreas de interesse. O objetivo desse estudo é conhecer os benefícios do método Pilates no tratamento da lombalgia crônica. Definido por natureza qualitativa, o trabalho é uma revisão sistemática que abrangerá as bases de dados: Scielo e Pubmed, com o recorte temporal que compreende os anos de 2008 a 2019, nos idiomas inglês e português. Na coleta final, encontramos na base de dados Scielo 18 resultados, e aplicando os critérios de exclusão, restaram apenas 5 artigos para análise. Na base de dados PubMed, foi localizado 84 artigos, restando 24 para análise final. O método Pilates apresentou efetividade nos estudos analisados, manifestando melhora da dor, força, equilíbrio e incapacidade funcional dos indivíduos que realizaram as sessões. Concluímos dessa forma que a maior parte dos estudos publicados comparam o método Pilates com outros tipos de intervenção para o tratamento de dor lombar, dificultando a análise restrita aos benefícios apenas deste método. Sugere-se, portanto, estudos futuros que abordem somente o método Pilates como forma de intervenção, sem comparação a outros métodos.</p> 2020-10-30T20:17:43+00:00 Copyright (c) 2020 Milena Santos Machado