ANALISE DE AÇÕES EXECUTADAS POR GESTORES DE ACADEMIAS DE PINHAIS PERANTE A POUCA ADERÊNCIA DE ALUNOS.

Phillipe Zimmerhansl Nedelciu, Jocemir Rodrigues Neto, Thiago Fonseca Pimenta

Resumo


A atividade física é de suma importância para a saúde dos seres humanos, nos primórdios éramos mais ativos, pois tínhamos que caçar e mudar de local constantemente para a sobrevivência, com o passar do tempo houve uma redução da quantidade de atividade física na vida diária que é devido aos sistemas de automação no trabalho e ao transporte motorizado. A atividade física regular pode contribuir para a melhora da saúde a permitir aos indivíduos uma vida mais produtiva e mais agradável. Estudos recentes realizados no Brasil pelo Ministério da Saúde em 2015, apontam que apenas uma parcela de 43,4% da população brasileira dá continuidade a exercícios físicos, em 2007 foi feito um estudo onde foi verificado um índice de evasão de aproximadamente 70% entre os praticantes de exercícios físicos em academias. O incentivo a hábitos regulares de atividades físicas é uma das metas essenciais na área da saúde em contraponto com o comportamento sedentário que apresenta grande prevalência em todo mundo. As academias no dia de hoje são um dos principais ambientes para promover a mudança de hábitos, pois ofertam serviços de orientação e supervisão da prática de exercícios físicos por profissionais da área da saúde. O objetivo deste estudo será identificar as ações de gestores de quinze academias de Pinhais/PR perante a pouca aderência de alunos, Metodologia do trabalho é de natureza aplicada, deforma não experimental, do ponto de vista qualitativo com pontos quantitativos, caráter exploratório, descritivo e de procedimentos levantamento e de pesquisa participante. Este estudo encontra-se em fase de projeto por isso não possui resultados e conclusões.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.