O desenvolvimento econômico da empresa e seu impacto na relação de emprego

  • Rodrigo Fortunato Goulart
  • Marco Antônio Villatore
Palavras-chave: Fordismo, Taylorismo, Toyotismo, Relação de Emprego, Trabalho, Direito Humano Fundamental

Resumo

Trata-se o presente estudo das transformações ocorridas no mundo empresarial produtivo no século XX e os seus reflexos na relação de emprego. O paradigma fordista-taylorista é objeto de análise através da explicação do seu nascimento, desenvolvimento e crise. Posteriormente é abordado o surgimento e consolidação do modelo toyotista e o caminho percorrido até a descentralização da produção. Ao final, conclui-se que o novo modelo de acumulação flexí­vel inseriu o trabalho como simples mercadoria descartável e não como um direito humano fundamental, digno de valorização.
Publicado
2017-03-31
Seção
Artigos do PPGD da PUC-PRl