A MULHER AFRODESCENDENTE: SUA HISTÓRIA, LUTA E VITÓRIA (?)

  • Aparecida Suely da Motta
  • Laura Garbini Both
Palavras-chave: Racismo, Dignidade humana, Mulheres

Resumo

Embora estejamos em pleno século XXI, ainda nos deparamos com cenas que nos remetem a uma época que muito envergonha o País. É o racismo, herança de uma sociedade escravagista, o qual perdurou por mais de 350 anos (SCHWARCZ, Lilia Moritz). E dentro de um Estado Democrático de Direito, onde a dignidade humana é norteadora de todo o ordenamento constitucional (SILVA, José Afonso da.), nos parece utópico alcançá-la. Em relação as mulheres afrodescendentes, muito mais, pois elas são duplamente discriminadas dentro da Nação (SANTOS, Helio). Primeiro são discriminadas por serem mulheres (DEL PRIORI, Mary), depois por pertencerem ao grupo étnico/racial que perfaz mais de 50% da população brasileira, que segundo dados do IBGE é a 2º maior população negra do mundo. E dentro deste universo gigantesco essa mulher não tem vez e nem tampouco voz. As conclusões analíticas apresentadas serão parciais, devido à extensão e complexidade do tema.
Publicado
2015-03-04
Seção
Seção Especial

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)