A importância da Psicopatologia Fundamental na escuta da subjetividade do sujeito autista e a relação com seu sofrimento psíquico

Vitor Alexandre Moretto dos Santos, André Luiz De Santana Castro, Consuelo de Almeida Vasques Fernandes

Resumo


O presente artigo, retrata a importância da Psicopatologia Fundamental como meio de se compreender a subjetividade do sujeito autista perante seu sofrimento psíquico. Através de uma revisão literária a respeito dos temas, com caráter qualitativo e exploratório, busca-se realizar uma análise subjetiva, com objetivo de compreender o funcionamento psíquico do autista pela teoria psicanalítica e toda sua complexidade, relacionando a abordagem crítica da Psicopatologia Fundamental, proposta por Fédida, que considera o pathos como grande importância no entendimento da subjetividade de cada sujeito autista, ao invés de uma generalização de suas características, como proposta pelos manuais diagnósticos utilizados atualmente, que por sua vez, desconsideram o que está em jogo no funcionamento psíquico desses sujeitos, numa tentativa de englobar todos os casos em categorias com evidências em comum.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.