CUIDADOS PALIATIVOS: A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

  • jessika do rocio de christo oliveira unibrasil
  • Celanir Vieira da Silva
  • Marlise Lima Brandão

Resumo

Introdução: Aliviar o sofrimento dos doentes terminais faz-se necessário, pois mesmo sem possibilidades terapêuticas de cura, ainda há muito o que fazer, afim de proporcionar melhora do seu estado geral, atender ao físico, mental, social e espiritual. Objetivo: Discutir a assistência de enfermagem no cuidado paliativo de pacientes internados em unidade de terapia intensiva. Metodologia: Revisão narrativa de literatura, realizada com artigos científicos publicados no período de 2015 a 2019, nas bases de dados SciELO e Biblioteca Virtual em Saúde. A busca ocorreu nos meses de fevereiro e abril de 2020. Resultados: Os princípios dos cuidados paliativos que se mostraram mais relevantes nessa pesquisa, foram os cuidados com o alívio da dor, a higiene do corpo e medidas de conforto, com falhas na comunicação, e na compreensão da finalidade do cuidado paliativo, com prejuízo ao cuidado integral. Considerações Finais: Consideramos a importância para atualizações de conteúdos sobre a assistência de enfermagem em Cuidados Paliativos, visando reduzir falhas, o que proporcionará apoio a toda equipe envolvida nessa área.

Publicado
2021-08-05